blog

Se você entendesse (…)

Se você entendesse o quanto gosto de você, não pararia no meio do caminho.
Não perderia tempo olhando para trás.
Entenderia que momentos sempre serão momentos, mas quando os divide com quem gosta, você eterniza a troca de olhares, o toque das mãos e os meio sorrisos.
Se você entendesse o quanto me importo com você, me ligaria ao menos 1 vez por dia.
Me encontraria numa quarta-feira pra um café na padaria ou me levaria pra comer pizza no jantar.
Se você entendesse o quanto admiro de você, tenho certeza que enxergaria muito mais que o espelho pode mostrar.
Veria sua alma do jeito que eu vejo, linda.
Não seria capaz de dizer que não é capaz, porque você é.
Se você entendesse o quanto amo você, perceberia que não está sozinho.
Pintaria os poemas de Drummond com boas lembranças de nós.
Dançaríamos a música mais lenta que conhece e quando ela acabasse, roubaria um beijo meu.
Se você entendesse o quanto significa pra mim, não diria adeus com tanta facilidade como alguém que te esbarra na rua e não se desculpa.
Não pararia no meio do caminho.
Não perderia tempo olhando para trás.

 

Espero que tenham gostado!
Beijo,
Graziele Cipriano.

Um comentário em “Se você entendesse (…)

  1. It’ѕ appropriate time to make a few plaans for the longer term and it іs
    time to be happy. I haѵe reаd this suƅmit and
    if I could I wish to recommend you some imteresting issues or advice.
    Maybe ʏou could writᥱ next articles relating to this article.
    I wish to learn more issues aⲣproximately it!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *